Selo de verificação de fatos agora na Busca e no Google Notícias no mundo todo

O Google foi criado para ajudar as pessoas a encontrarem informações úteis e revelar os bons conteúdos criados por publishers e sites. O acesso à informação de qualidade é o que motiva as pessoas a usarem a internet e o que contribui para que os produtores de conteúdo continuem engajando e investindo na web.

Por outro lado, com as centenas de novas notícias publicadas a cada minuto, todos os dias, a quantidade de conteúdo disponível para os usuários é enorme. Além disso, nem tudo é fato ou verdade, dificultando que as pessoas façam a distinção entre realidade e ficção. Por conta disso, em fevereiro deste ano, anunciamos o “selo de verificação de fatos” no Brasil para alguns dos artigos que aparecem no Google Notícias. Este selo identifica reportagens cujas informações tenham sido verificadas pelos próprios veículos de mídia ou por organizações especializadas em checagem.
Depois de analisar o retorno que tivemos de usuários e publishers, estamos tornando o selo de verificação de fatos disponível no mundo todo e tornando-o visível na Busca em todos os idiomas. Pela primeira vez, quando você fizer uma pesquisa na Busca do Google que traga resultados com fatos que foram verificados, você verá isso destacado na página de resultados. O texto mostrará qual afirmação foi verificada, quem a afirmou e o parceiro responsável pela checagem do dado em particular.
Essa informação não estará disponível para todos os resultados da Busca e podem haver páginas com resultados em que diferentes editores verificaram o mesmo dado e chegaram a diferentes conclusões. Os fatos não são checados pelo Google e foram adicionados para que as pessoas possam tomar decisões mais bem informadas. Ainda que diferentes conclusões sejam apresentadas, acreditamos ser uma ferramenta útil, uma vez que as pessoas poderão entender o grau de consenso sobre um dado específico e terão uma informação clara sobre quais fontes concordam ou não. Ao tornar a verificação de fatos mais visível nos resultados da Busca, facilitamos o acesso e a revisão dessas notícias para que as pessoas possam formar suas opiniões.
Os publishers que quiserem utilizar esse recurso devem usar o código Schema.org ClaimReview nas páginas específicas em que foram checados os depoimentos públicos (documentação aqui) ou usar o Share the Facts widget, desenvolvido pelo Duke University Reporter Lan e Jigsaw. Apenas veículos que são determinados por um algoritmo como uma fonte reconhecida de informação estarão qualificados para essa inclusão. Finalmente, o conteúdo deve estar de acordo com as políticas gerais que se aplicam a toda a estrutura de dados, com os critérios para cada selo do Google Notícias e com os padrões de prestação de contas e transparência, legibilidade ou representação adequada de um site como descrito nas Diretrizes Técnicas do Google Notícias. Caso um veículo de mídia ou o fato verificado não atenda a esses padrões ou respeite as políticas, nós podemos, a nosso critério, ignorar a validação do site.
Este esforço não seria possível sem a ajuda de outras organizações e da comunidade responsável pela checagem de fatos, que cresceu para 115 organizações. Para saber mais sobre esse recurso, visite a Central de Ajuda.

Postado por Justin Kosslyn, Gerente de Produto do Jigsaw e Cong Yu, pesquisador

Powered by WPeMatico